07/01/2022 às 17h20min - Atualizada em 07/01/2022 às 17h20min

Ben Affleck diz que ainda é o mentor de Matt Damon: 'É algo que tenho que carregar', brinca o ator

Ator fala do filme 'Bar doce lar', pelo qual foi indicado ao Globo de Ouro.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
Divulgação

Em 1997, Ben Affleck participou de "Gênio Indomável", filme que escreveu com parceiro de longa data Matt Damon. No longa, Affleck interpretava Chuckie, amigo e conselheiro do protagonista Will Hunting, vivido por Damon. O filme deu a dupla um Oscar de Melhor Roteiro Original.

Anos depois, Affleck volta a viver um papel semelhante em "Bar doce lar" e vem colhendo elogios por sua atuação. Tanto que foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante.

No filme dirigido por George Clooney, disponível no Amazon Prime Video, o ator vive o tio de J.R. Moehringer, o dono de um bar que acaba se tornando importante em sua vida com seus conselhos e com os inúmeros livros de sua coleção.

Affleck brincou com o fato de tanto tempo depois voltar a ser um mentor para um personagem e pelo fato de ter uma longa parceria com Damon. Ele também falou da nova parceria que fez com George Clooney, que havia produzido "Argo", o drama que Affleck dirigiu em 2013 e que levou quatro Oscars, incluindo o de Melhor Filme daquele ano.

O ator também falou de como foi contracenar com Tye Sheridan e Daniel Ranieiri em "Bar doce lar". Para Affleck, a relação que teve com eles foi importante para o filme e que é preciso ter sorte para ter uma certa química para que as cenas não ficassem falsas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

32527

views

86686

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp