04/08/2021 às 15h02min - Atualizada em 04/08/2021 às 15h02min

Homem é preso suspeito de integrar quadrilha que falsificava dinheiro

Ele usava as cédulas para comprar drogas no exterior; na casa dele, foram apreendidos cerca de 50 mil dólares falsos

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
Cruzeiro do Sul
Divulgação
Um homem, de 37 anos, foi preso suspeito de integrar uma quadrilha que falsificava cédulas e enviava ao exterior. Ele foi capturado pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), em um condomínio de alto padrão na divisa entre Sorocaba e Votorantim. Para não atrapalhar as investigações, a Deic não passou a identidade do suspeito, nem o nome do bairro onde fica o residencial. Na casa dele, foram apreendidos proximamente 50 mil dólares em notas falsas.
Segundo o delegado Rodrigo Ayres, da Deic, o grupo criminoso usava o dinheiro falsificado para comprar drogas no exterior. Conforme ele, a polícia ainda apura os países de onde os entorpecentes vinham e há quanto tempo o bando agia.
De acordo com o delegado, as investigações sobre o caso começaram há cerca de dois meses. "Recebemos denúncias de pessoas, que não quiseram se identificar, que estavam preocupadas com a movimentação na residência dele", conta sobre o motivo do início dos trabalhos. Segundo Ayres, a primeira hipótese era apenas de tráfico de entorpecentes. Porém, durante a apuração, descobriu-se que a quadrilha também falsificava dinheiro.
Conforme ele, o homem preso em flagrante era responsável por fabricar as cédulas. Ele foi capturado no decorrer do cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa onde morava. De acordo com o delegado da Deic, o imóvel era alugado e usado como depósito. "Era um local de armazenamento das células. A fabricação, provavelmente, era feita em outro local, até porque não foi encontrado maquinário lá", informa Ayres.
Na residência, foram apreendidas cerca de 500 notas falsas de 100 dólares, além de aproximadamente 10 cédulas falsificadas de R$ 200. "Acreditamos que esses reais foram usados como testes. O objetivo principal era, mesmo, falsificar notas estrangeiras", diz o responsável pelas investigações. Ainda no imóvel, foi encontrado um maço de papel moeda falso, já cortado no formato das notas e pronto para impressão.
O homem foi encaminhado à sede da Deic, onde a ocorrência foi registrada. Ele foi autuado por falsificação de cédulas. Posteriormente, passará por audiência de custódia. A Polícia Civil investiga a participação dele também no comércio de drogas.
As investigações prosseguem. "Ainda apuramos o número (total) de integrantes da quadrilha", informa Ayres. Conforme ele, até o momento, não há informações sobre a quantidade, nem quanto às identidades dos possíveis outros membros.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29754

views

80068

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp