06/07/2021 às 15h52min - Atualizada em 06/07/2021 às 15h52min

Saiba como reduzir o valor da conta de luz com ações diárias

Conheça quais são os métodos de economia mais usados pelas famílias e confira as dicas com um especialista em energia

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
R7
Divulgação
O inverno chegou e com ele vem o alerta para um possível racionamento de energia caso os reservatórios indiquem insuficiência para enfrentar a seca. Isso levou a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a aumentar em 52% o custo da bandeira tarifária patamar 2 nas contas de luz.
A partir do mês de Julho, para cada 100 quilowatts-hora consumidos, será cobrado o valor de R$ 9,49. Para as famílias, reduzir o custo da conta de energia pode ser fundamental para diminuir a pressão sobre o orçamento doméstico.

Fazer controle mensal de gastos

Na casa do metalúrgico Jason Garcia de Oliveira, morador do Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo, a economia não é só por apelo financeiro. Eu faço pensando também nos recursos naturais", diz. 
Jason mora com a esposa e as duas filhas. E a sua família mantém um eficiente controle de gastos. “Eu sempre acompanho o consumo da energia da minha residência. Se eu estiver assistindo televisão na sala, eu apago as luzes. Alguns eletrodomésticos não tem a necessidade de ficarem ligados. Eu só ligo quando eu estiver usando.”
Segundo Heverton Bacca, coordenador de engenharia elétrica do Centro Universitário Facens, em Sorocaba (SP), esse tipo de controle é muito eficiente para a economia de energia.
“Se você não observa a sua conta, não sabe se está gastando mais ou menos. Então é importante que você faça se possível, uma planilha com os últimos 24 meses de consumo. Assim pode observar se está consumindo mais, qual mês do ano o consumo é maior”, acrescenta.

Economia e praticidade

Muitas pessoas abriram mão do uso de eletrodomésticos como ferro de passar e micro-ondas. Patrícia Camargo é ouvidora e trabalha em um hospital na zona leste de SP. Ela não passa muito tempo em casa, mesmo assim, encontrou uma forma de economizar tempo e energia.
Patrícia passou a usar um volume significativo de roupas que não que não precisam ser passadas. Então o uso do ferro é excepcional. Ao lavar roupas, ela costuma secar as camisetas e camisas no varal usando o próprio cabide. Assim, não amarrotam. Para ela, além de economizar a rotina ganha mais agilidade.
A recomendação é ficar o mínimo possível no banho. Os aparelhos mais comuns têm potência de, aproximadamente, 5.500W. Desta forma, o banho de 15 minutos por dia, por pessoa, para uma família de quatro pessoas, equivale ao consumo de energia de mais de 400 lâmpadas LED de 13W ligadas por uma hora, o que corresponde a cerca de R$ 100 na conta. Se utilizarmos o chuveiro elétrico na posição morno ou verão, haverá uma economia de cerca de 30%, ou seja, R$ 30,00. Se possível, programe o banho para as horas mais quentes do dia.
No inverno, podem chegar a corresponder a 1/3 do gasto doméstico com eletricidade, conforme a utilização. Evite deixar o aquecedor ligado por longos períodos e utilize-o apenas quando estiver no ambiente. Em relação aos aparelhos de ar-condicionado, evite usá-lo por períodos longos e opte por modelos inverter, que são mais eficientes e econômicos. 
Aproveite a luz natural e abra janelas e cortinas durante o dia. Ao pintar paredes e tetos, dê preferência às cores claras, que refletem melhor a luminosidade. Troque lâmpadas incandescentes por fluorescentes ou LED, que consomem de 60% a 80% menos energia e aquecem menos o ambiente.
Não deixe a TV ligada sem que haja alguém assistindo. Programe o timer (desligamento automático) antes de dormir, evitando que a TV fique ligada desnecessariamente. No caso do computador, desligue o aparelho sempre que ficar mais de 2 horas sem utilização. Desligue o monitor a partir de 15 minutos de inatividade.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29902

views

80399

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp