27/05/2021 às 12h18min - Atualizada em 27/05/2021 às 12h18min

Butantan retomou a produção da CoronaVac com chegada de IFA nesta terça

Novo lote de insumos, que tem previsão de chegar da China à tarde, vai permitir entrega de 5 milhões de doses de CoronaVac

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
R7
Divulgação
O Instituto Butantan recebeu nesta terça-feira (25) 3 mil litros de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) para retomar a fabricação de seu imunizante contra a covid-19. A entrega estava prevista inicialmente para quarta-feira (26), mas foi adiantada pelo governo. A produção de CoronaVac está interrompida desde o dia 13 de maio por falta de insumos. Após a retomada da produção, a expectativa é entregar mais 5 milhões de doses da vacina.
A estimativa ainda está abaixo do esperado. A previsão inicial era de receber 4 mil litros de insumos para gerar 7 milhões de doses. A redução foi anunciada pela China no dia 18. O Butantan e Doria afirmaram que 
os ataques de Bolsonaro à China têm interferido diretamente no cronograma de liberação de novos lotes de insumos pelos chineses.
O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, ironizou no sábado (22) uma nota postada no Twitter pelo Ministério da Saúde que omitiu o fato de os insumos usados na produção de vacinas no país serem de origem chinesa, e o Itamaraty entrou em cena para agradecer os esforços do país asiático.
O diplomata chinês compartilhou um tuíte em que a Saúde mencionava que "insumos do exterior" para a produção de vacinas AstraZeneca/Fiocruz chegaram ao Brasil no sábado. Grifando a referência a insumos no exterior, Wanming escreveu "Confúcio disse, feito para amigos, fiel à sua palavra".

 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

33746

views

89871

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp