01/02/2022 às 12h22min - Atualizada em 01/02/2022 às 12h22min

Vigilância Epidemiológica interrompe aulas em escola particular devido a surto de Covid-19

Escola localizada no Jardim São Carlos, zona sul da cidade, deve interromper as aulas presenciais até o dia 10 de fevereiro

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
Cruzeiro do Sul
Divulgação

A Vigilância Epidemiológica (VE) Municipal realizou a abertura de surto referente à Covid-19, na última sexta-feira (28), na escola de educação bilíngue canadense Maple Bear, localizada no Jardim São Carlos, zona sul de Sorocaba. A escola atende crianças de 1 a 9 anos, da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II. A outra unidade da escola, localizada no Alto da Boa Vista, zona leste da cidade, segue funcionando normalmente. 

De acordo com informações da Prefeitura Municipal de Sorocaba, a orientação da Vigilância Epidemiológica foi de que a escola interrompesse momentaneamente as atividades presenciais, aderindo às atividades remotas até o dia 10 de fevereiro.

O objetivo da medida adotada pela VE é a promoção do isolamento domiciliar, para combater a propagação da Covid-19.

Segundo o gestor da escola Maple Bear Eduardo Zanella, a instituição de ensino segue os protocolos à risca, como distanciamento, álcool em gel, escalonamento de horário de entrada, saída, intervalo e lanches. Questionado sobre o número de colaboradores que testaram positivo, Zanella explica “Não tenho a informação de quantos pessoas são. O cálculo não é feito em número de caso, mas sim no número de interações que cada um destes casos positivos têm no dia a dia. Além de informar os casos, quando a vigilância identifica uma situação de risco como foi a nossa, nós temos que preencher uma segunda planilha informando todos os contactantes de cada caso positivo”.

Zanella esclarece também que o calendário escolar, já aprovado pela Diretoria de Ensino, foi reprogramado para que as aulas sejam repostas em outras datas e esclarece “A escola em si não tem autonomia para decretar o fechamento de uma turma ou da escola. E isso tudo está escrito no protocolo Covid para a Educação da Prefeitura Municipal. Todos os nossos protocolos foram aprovados pela vigilância sanitária e diretoria de ensino”.

De acordo com o gestor, a escola preza pela segurança dos alunos e da comunidade e espera que todas as instituições de ensino estejam cumprindo a legislação da mesma forma que a Maple Bear. “Nós temos determinações do Município e Estado que precisamos cumprir. Para o Estado, nós temos que informar todos os casos confirmados e suspeitos na plataforma educacional do Estado e, para a Prefeitura de Sorocaba, nós temos que informar os casos numa plataforma da Vigilância Epidemiológica, a partir deste dados é que a vigilância determina a ação que tem que ser tomada, seja um fechamento parcial ou total” e finaliza “Respeitamos a decisão da vigilância, acatamos e lamentamos o transtorno que isso causa da comunidade escolar”.

O Sindicato dos Professores de Sorocaba e Região (Sinpro-Sorocaba) informa que acompanha com preocupação este momento de crescimento dos casos e reitera que as escolas cumpram os protocolos e o fornecimento de EPI´S.

A presidente do Sindicato dos Professores de Sorocaba e Região, Mara Kitamura, afirma ainda que, na sexta-feira (28), enviou e-mails para escolas cadastradas na base de dados da entidade oficiando sobre esses casos. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29902

views

80399

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp