10/01/2022 às 11h12min - Atualizada em 10/01/2022 às 11h12min

Sorocaba tem mais de 400 casos de variantes do coronavírus confirmados

De acordo com um levantamento feito pelo g1, também há 12 mortes confirmadas. Dentre as variantes, o maior número de registros é o da delta, com 333 casos e três óbitos.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
g1
Divulgação

A cidade de Sorocaba (SP) registra, desde o início da pandemia, mais de 400 casos de variantes do coronavírus confirmados. De acordo com um levantamento, também há 12 mortes confirmadas.

Dentre as variantes, o maior número de registros é o da delta, com 333 casos e três óbitos. Em seguida, aparece a variante gama, com 101 casos e seis mortes.

O município também registrou, em 29 de dezembro, o primeiro caso da variante ômicron. Confira abaixo a relação dos casos confirmados:

Alpha (Reino Unido) – 3 casos e nenhum óbito;

B.1 – 1 caso e nenhum óbito;

B.1.1 – 3 casos e nenhum óbito;

B.1.1.143 – 1 caso e 1 óbito;

B.1.1.28 – 1 caso e 1 óbito;

B.1.1.33 – 1 caso e 1 óbito;

Beta (África do Sul) – 2 casos e nenhum óbito;

Delta (Índia) – 333 casos e 3 óbitos;

Gama (Manaus) – 101 casos e 6 óbitos;

Ômicron – 1 caso e nenhum óbito.

Sequenciamento

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o sequenciamento das variantes da Covid-19 serve como um instrumento de vigilância, ou seja, de monitoramento do cenário epidemiológico na cidade.

As amostras são selecionadas pelo Instituto Adolfo Lutz de forma aleatória, de acordo com o total de resultados positivos de cada região do estado.

"A ômicron, assim como as outras variantes, é classificada como "variante de atenção" pelas autoridades sanitárias devido à possibilidade de aumento de transmissibilidade ou gravidade da infecção, por exemplo", afirma a secretaria.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

32527

views

86686

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp