01/12/2021 às 11h21min - Atualizada em 01/12/2021 às 11h21min

São Roque mantém uso obrigatório de máscara até 11 de janeiro

Na semana passada, governo estadual anunciou que pretende liberar o uso do acessório, em locais abertos, a partir de 11 de dezembro

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
Cruzeiro do Sul
Divulgação

A Prefeitura de São Roque, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), informou nesta terça-feira (30), que o uso obrigatório de máscaras em locais abertos e fechados será mantido em São Roque até o dia 11 de janeiro de 2022.

"A manutenção desta importante medida preventiva contra a Covid-19 auxilia no controle da pandemia na cidade, que há mais de 30 dias não registra óbitos pela doença", informa a gestão municipal.

O governo estadual havia informado, na semana passada, que pretende liberar o uso da máscara, em locais ao ar livre, a partir do dia 11 de dezembro, em todo o estado de São Paulo.

Ainda conforme a Prefeitura de São Roque, a medida será regulamentada por meio de decreto municipal, a ser publicado nos próximos dias. "A utilização contínua do item é fundamental na luta contra a Covid-19, pois funciona como uma barreira que evita a propagação das partículas do vírus, que podem ser liberadas por pessoas infectadas com a doença. Embora alguns tipos de máscaras sejam mais eficientes que outras, o seu uso é essencial na luta contra o coronavírus", ressalta o município.

Já na tarde desta segunda-feira (29), após reunião dos municípios da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), o orientação definida para as 27 cidades é seguir a orientação do Plano São Paulo e flexibilizar o uso de máscara em locais abertos, no mês que vem. Porém, somente cinco prefeitos participaram da reunião, que ocorreu de forma remota, além de um representante de outro município, totalizando seis cidades presentes na reunião.

A presidente da RMS e prefeita de Itapetininga, Simone Marquetto, conduziu a reunião virtual com o diretor da Agência Metropolitana de Sorocaba (AGEM), Anselmo Neto, além do diretor Adjunto da AGEM, Márcio Tomazela, e prefeitos e representantes da região.

Estavam presentes na reunião remota os prefeitos de Capela do Alto, Péricles Gonçalves; de Araçoiaba da Serra, José Carlos de Quevedo Júnior; de Cesário Lange, Ronaldo Pais de Camargo; de Jumirim, Daniel Vieira, e de Tietê, Vlamir de Jesus Sandei. A cidade de Itu também estava representada.

Segundo o diretor Executivo da AGEM, Anselmo Neto, o Conselho da RMS é formado pelos prefeitos e prefeitas das 27 cidades, porém, as decisões tomadas, em consenso, não tem o poder de obrigar nenhum prefeito a segui-las. “São direcionamentos para quem todas as cidades procurem seguir uma mesma estratégia de trabalho”, afirma Anselmo Neto.

A Prefeitura de Sorocaba já havia informado, na semana passada, que deverá seguir a orientação do governo estadual e liberar o uso da máscara em locais ao ar livre. No entanto, a cidade não participou da reunião. Contudo, o município poderá rever a posição caso o governo estadual recue da medida de flexibilização do uso do acessório.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

32527

views

86686

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp