08/11/2021 às 11h59min - Atualizada em 08/11/2021 às 11h59min

Bebê de 5 meses que foi vacinada contra a Covid por engano em Jundiaí tem alta

Criança estava internada por decisão da família no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para ter acompanhamento no hospital. Segundo a prefeitura, profissional que aplicou o imunizante foi afastada até a conclusão da investigação.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
g1
Divulgação

A bebê de cinco meses que foi vacinada contra a Covid-19 por engano em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) de Jundiaí (SP) teve alta informou o pai.

A criança estava internada por decisão da família no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para ter acompanhamento no hospital. O pai da menina também informou que ela vai ficar em observação em casa nos próximos dias, com o acompanhamento dos profissionais do hospital particular.

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela família, a bebê foi até a unidade de saúde na quinta-feira para tomar a vacina meningocócica conjugada e acabou recebendo o imunizante da Pfizer.

A prefeitura informou que as equipes da unidade de saúde entraram em contato com a família e que a bebê está sendo acompanhada pelos profissionais da Secretaria de Saúde municipal. A profissional que aplicou a vacina foi afastada até a conclusão da investigação.

Após aplicar a vacina contra a Covid, a unidade pediu que a família fosse até a UBS para conversar sobre a dose aplicada.

Em encontro com uma pediatra, a enfermeira que aplicou a dose e a enfermeira-chefe da unidade, a profissional disse que, mesmo apresentando o frasco da vacina correta antes da aplicação, se confundiu e aplicou a vacina da Pfizer.

Conforme o registro, a justificativa foi que somente identificaram quando foi descartar o frasco no lixo.

A prefeitura informou que a família foi contatada logo após o erro ter sido identificado. "A equipe entrou em contato com a família para esclarecer o fato e iniciar o monitoramento, conforme protocolo orientado pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo."

Ainda conforme o Executivo, o caso está sendo apurado em um processo administrativo. A profissional que aplicou o imunizante foi afastada até a conclusão da investigação.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29774

views

80129

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp