24/06/2021 às 10h16min - Atualizada em 24/06/2021 às 10h16min

Caminhoneiro relata medo ao ficar três dias 'preso' em rodovia após acidente: 'Mal consegui dormir'

Vinícius José Rodrigues, de Porto Feliz (SP), levava mercadorias à Bahia quando perdeu o controle do caminhão na madrugada de sábado (19), na BR-135, em Minas Gerais. Veículo foi retirado do local do acidente somente na segunda-feira (21).

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
G1
Divulgação
Um caminhoneiro de Porto Feliz (SP) afirma que viveu dias de medo ao ficar "preso" na BR-136, em Montes Claros (MG), após perder o controle do veículo e sofrer um acidente na rodovia, na madrugada de sábado (19). Temendo que o caminhão fosse roubado, o motorista ficou no veículo até a manhã de segunda-feira (21), quando a carreta foi retirada do local do acidente.
O motorista, Vinícius José Rodrigues, relatou que saiu de Campinas (SP) na quinta-feira (17) e seguia em direção à cidade de Lauro de Freitas (BA) quando perdeu o controle do caminhão e saiu da BR-135, ficando com a carreta prensada e inclinada em um barranco.
"Tinha acabado de sair de um posto, onde descansei. No caminho, encontrei e segui viagem junto com outros dois caminhões por conta da região ser perigosa. Em determinado momento, tive um 'apagão' de segundos e perdi o controle do caminhão, que foi para o mato na lateral da pista e ficou enroscado em um barranco", explica.
Vinícius acionou o socorro da estrada, que chegou 40 minutos depois com ambulância e guincho. "Eles falaram que não poderiam fazer a retirada do caminhão à noite e argumentaram que era um procedimento da empresa", continua.
Ainda de acordo com o motorista, a concessionária que administra o trecho ofereceu até um posto próximo, onde ele poderia tomar banho, descansar e se alimentar, mas disse que não se responsabilizaria pela carreta. Com medo de ter o caminhão roubado, Vinícius decidiu seguir no local do acidente.
"Na primeira noite, fiquei a madrugada de pé, ao lado do caminhão. Na noite seguinte, como a mercadoria já havia sido transferida a outro caminhão e encaminhada ao destino, entrei no baú e dormi lá, mesmo correndo risco de outro veículo desgovernado bater ali e me matar ou mesmo de ser assaltado, pois a rodovia é perigosa. Mal consegui dormir", relata.
Na última noite antes do caminhão ser rebocado, o dono de um barraco próximo à rodovia autorizou Vinícius a dormir no local.
"Peguei uma coberta e dormi no chão. Nestes momentos, passa de tudo na cabeça, dá uma agonia, desespero. Queria ver minha família, meus filhos, parecia que estava há 30 dias lá." Segundo o caminhoneiro, o processo de retirada da carreta levou pouco mais de 20 minutos para ser concluído. O motorista e o caminhão foram encaminhados a um posto de apoio na cidade de Joaquim Felício (MG).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29774

views

80129

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp