09/07/2021 às 13h41min - Atualizada em 09/07/2021 às 13h41min

Com investimento de R$ 700 mil, usina produz mais da metade do oxigênio hospitalar na Santa Casa de São Roque

Segundo a unidade, investimento foi feito por conta da alta demanda na pandemia.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
Divulgação
A Santa Casa de São Roque (SP) investiu R$ 700 mil para instalar uma usina que produz mais da metade do oxigênio necessário para atender os pacientes da unidade. O hospital, que recebe moradores de outros municípios, tem 10 leitos de UTI e 15 de enfermaria, e segue com a ocupação média acima dos 80%.
Segundo administradora Taís Danilucci, o projeto começou devido ao aumento da demanda durante a pandemia de Covid-19. Além da autonomia, já que a unidade não precisa mais comprar todo o oxigênio, a usina representa também uma economia de R$ 50 mil por mês para a Santa Casa.
A estrutura demorou quatro meses para ser construída na unidade e ter a adequação da parte elétrica, além da instalação da máquina. De acordo com o gestor de manutenção em novos projetos, Marcelo Eusébio, a produção de oxigênio é a partir da captação do meio ambiente. A partir disso, a máquina consegue separar as impurezas.
Ainda conforme a administração do hospital, todo oxigênio usado no hospital era comprado e ficava armazenado. Com a produção, o dinheiro que não será usado mais nas compras poderá ser investido em melhorias na unidade.(RG)

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29754

views

80068

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp