21/02/2022 às 14h41min - Atualizada em 21/02/2022 às 14h41min

Paulinha Abelha permanece na UTI com quadro neurológico inalterado

A cantora da banda Calcinha foi hospitalizada no dia 11 de fevereiro e diagnosticada com insuficiência renal. Ainda não foram divulgadas informações sobre o que teria causado o problema.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
g1
Divulgação

A cantora Paulinha Abelha, da banda Calcinha Preta, mantém quadro o neurológico inalterado, sem sinais de instabilidade hemodinâmica, respirando com a ajuda de aparelhos e necessitando de diálise. Ela também permanece em processo de investigação clínica, é o que diz o último boletim médico divulgado ao meio dia desta segunda-feira (21) pelo hospital particular onde ela está internada em Aracaju.

O boletim divulgado nesse domingo (20), informou que a cantora apresenta quadro neurológico grave. Paulinha permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ela também segue em coma e intubada.

O marido e o empresário da cantora visitaram ela na manhã desta segunda. Familiares e integrantes da banda se reversam diariamente para visita, que acontece todos os dias pela manhã e pela tarde.

Integrantes da banda, familiares e fãs se reúnem todas as noites na porta do hospital desde o dia em que ela foi internada e fazem oração pela restauração da saúde da artista.

No fim da manhã do sábado foi divulgado que após a investigação com exames complementares, foi afastada a possibilidade da cantora estar com "doenças infecciosas de interesse epidemiológico para a comunidade". O documento não trouxe mais detalhes sobre quais doenças seriam essas.

Paulinha Abelha foi hospitalizada em 11 de fevereiro em Aracaju depois de chegar de uma turnê com a banda Calcinha Preta em São Paulo. A internação foi para tratar de problemas renais, mas a causa não foi divulgada.

No dia 14, o quadro da cantora se agravou e ela foi transferida para a UTI, além de passar a fazer diálise.

No boletim médico divulgado na tarde da quinta (17), foi anunciado que Paulinha estava em coma, e por causa da instabilidade neurológica, não tinha condições clínicas suficientes para a transferência, mas no fim da noite a situação mudou, e por volta das 23, ela foi transferida para o Hospital Primavera, na Zona Sul de Aracaju, para fazer novos exames renais.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29902

views

80399

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp