28/09/2021 às 10h08min - Atualizada em 28/09/2021 às 10h08min

Motorista bêbado é preso suspeito de capotar carro, atropelar pedestre e simular assalto em Jarinu

Jornal Floripa
Divulgação
Homem foi indiciado por dirigir bêbado, prestar falsa comunicação de crime e atropelar pedestre sem prestar socorro; não foi estipulada fiança. Um homem de 32 anos foi preso suspeito de dirigir bêbado, capotar o próprio carro, atropelar uma pessoa e dizer aos policiais que havia sido assaltado, no bairro do Machadinho, em Jarinu (SP).
Segundo o boletim de ocorrência, uma equipe da Guarda Municipal foi acionada para atender uma ocorrência de roubo. O suspeito alegou aos guardas que supostos criminosos fecharam o seu veículo, o renderam, roubaram o carro e fugiram pela rodovia Edgard Máximo Zambotto (SP-354).
No trecho do quilômetro 74, os guardas encontraram uma ambulância que prestava atendimento em um capotamento, quando constataram que o carro que estava na vala era do motorista que acionou a equipe.
No local estava a namorada do motorista, que desmentiu o assalto e alegou que desceu do veículo antes do homem perder o controle da direção e capotar.
Os guardas também descobriram, através da equipe de resgate, que o motorista atropelou um pedestre que estava no acostamento da rodovia. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital com ferimentos leves. A vítima alegou que o carro ultrapassou um caminhão pelo acostamento e acabou o atropelando.
Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, o motorista foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e após exames, foi constatado que ele tinha bebido antes de dirigir.
Ele foi preso por dirigir bêbado, atropelar um pedestre e não prestar socorro e também por falsa comunicação de crime. Não foi estipulada fiança e, de acordo com as lei, ele pode ser condenado em até quatro anos de prisão.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

30227

views

81167

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp