23/09/2021 às 12h11min - Atualizada em 23/09/2021 às 12h11min

Brasil enfrenta o Japão pelas oitavas de final do Mundial de Futsal

Classificado como primeiro colocado do grupo D, seleção joga às 14h com transmissão da Globo, SporTV e tempo real no ge. Japoneses possuem três jogadores brasileiros na equipe

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
GE
Divulgação
Buscando o seu oitavo título Mundial de Futsal - o sexto na Era Fifa -, o Brasil entra em quadra pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Lituânia nesta quinta-feira. O adversário é o Japão às 14h (de Brasília). A partida será disputada na cidade de Kaunas e terá transmissão ao vivo da Globo, SporTV e tempo real no ge. Quem passar pega o Marrocos nas quartas de final no domingo, às 10h.
Contando com três brasileiros em seu elenco, o Japão somou três pontos na primeira fase (uma vitória e duas derrotas no grupo E), avançando como um dos melhores terceiros colocados dentre as seis chaves. Já o Brasil chega para a partida desta quinta com uma campanha 100% ao vencer os seus três jogos no grupo D.
- O Japão enfrentou a Espanha e fez um grande jogo. Esse Mundial só demonstra que o futsal tem ficado cada vez mais difícil. As equipes estão evoluindo muito taticamente. Hoje em dia se tem muita informação. Então, é muito fácil você estudar o rival, aprender como defender algum jogador e a gente tem visto isso. É uma Copa do Mundo de altíssimo nível - afirmou o ala Dyego.
Do lado japonês, as atenções de voltam para os três brasileiros: o goleiro Higor, e os alas Arthur Oliveira e Rafael Henmi. Henmi nasceu na região de Shizuoka, mas com dois anos se mudou para o Brasil, onde permaneceu até os 15. De volta ao Japão, ele começou a carreira no futsal e já aos 17 estava na seleção principal do país.
O ala joga pelo Benfica, de Portugal, há oito anos, onde já conquistou Campeonato Português (duas vezes), a Taça de Portugal (duas vezes), a Taça da Liga (três vezes) e a Supertaça de Portugal. Para o camisa 10, chegou a hora de a seleção japonesa mostrar a sua força diante de um dos favoritos ao título.
- Sabemos que vai ser um jogo muito difícil porque o Brasil é um time muito qualificado, ainda mais por ser um jogo de oitavas de final de Copa do Mundo. Além disso, são jogadores acostumados a essas partidas e nós temos menos experiência, muitos dos nossos jogadores estão pela primeira vez atuando fora do Japão. A expectativa é fazer um bom jogo e torcer para que o Brasil não esteja inspirado - ressaltou.
O camisa 10 do Japão ainda falou sobre os atletas brasileiros que teve uma relação mais próxima.
- Conheço a maioria dos jogadores do Brasil, alguns de jogar contra e também já tive companheiros de time. Joguei com o Bruno Rafael em Curitiba nas categorias de base, conheço desde os 13 anos. Jogo com o Arthur no Benfica. Guitta, Rocha e Dieguinho foram adversários no Sporting, também atuei contra alguns do Barcelona na UEFA. São jogadores de grande qualidade, vamos tentar competir o máximo e fazer um bom jogo - finalizou.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29774

views

80129

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp