05/07/2021 às 10h17min - Atualizada em 05/07/2021 às 10h17min

Verstappen impõe 3ª derrota seguida a Hamilton, mas Mercedes comemora ritmo

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
Divulgação
Max Verstappen entrou na primeira sequência de três corridas em finais de semana seguidos deste campeonato da Fórmula1  na França, Estíria e Áustria sem saber muito bem se a boa fase da Red Bull, que começara com a vitória em Mônaco, estava mais relacionada às características de certas pistas, e saiu não apenas com a liderança do campeonato, mas com uma vantagem de 32 pontos (ou seja, mais do que uma pontuação máxima em uma corrida) e deixando Lewis Hamilton e a Mercedes sem armas para sequer ameaçá-lo em duas destas corridas.
Ambas foram realizadas na Áustria, onde a Red Bull foi bem no passado - Verstappen venceu em 2018 e 2019 - e a Mercedes não tem um histórico tão bom. Em um ano no qual o desempenho dos carros tem sido muito igualado, isso fez a diferença e, no
 domingo, Verstappen saiu na pole, liderou todas as voltas, fez a volta mais rápida e ainda teve tempo de fazer uma segunda parada nos boxes e, mesmo assim, vencer com 17s de vantagem para Valtteri Bottas, segundo colocado. Hamilton terminou apenas em quarto, tendo quebrado parte de seu assoalho em uma zebra na volta 30 de 71. Bottas e Norris, que foi eleito o piloto do dia por sua performance, brigando o tempo todo com carros geralmente muito mais velozes que sua McLaren, fizeram apenas uma.
O inglês segurou Hamilton por 19 voltas no começo da prova. Quando ele conseguiu fazer a ultrapassagem, Verstappen já tinha mais de 9s de vantagem na ponta, mas mesmo assim seria difícil para Hamilton andar no mesmo ritmo do holandês, que esteve no controle da prova da mesma forma que semana passada.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

30227

views

81167

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp