24/05/2021 às 10h49min - Atualizada em 24/05/2021 às 10h49min

Bebê de jovem de 27 anos morta por Covid tem alta após semanas de internação: 'Alívio no luto', diz pai

A mãe Maiara Bueno, de 27 anos, estava no sétimo mês de gestação quando começou a ter sintomas da doença. Paciente passou por uma cesárea de emergência na Santa Casa de Sorocaba (SP), mas não resistiu.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
G1
Divulgação
Após 45 dias internada, a recém-nascida Luiza Cristina teve alta do hospital e se tornou o motivo para que o pai dela e irmãos possam superar o luto de Maiara Cristina Bueno, 27 anos. A jovem morreu de Covid-19 no dia 3 de abril depois de dar à luz da terceira filha, em Sorocaba (SP). Segundo Luiz Santos, a filha está bem, saudável e fazendo exames de rotina. Ela saiu do hospital pesando 2,2 quilos.
"Dá certa aliviada na perda, porque tem o sentimento de ganho da Luiza. Dá certa aliviada no luto. Tínhamos planejado uma vida que não vai se cumprir. Agora, é lutar para criar essas três crianças”, conta Luis. A mãe do bebê estava no sétimo mês de gestação quando começou a sentir falta de ar, febre e tosse. Alguns dias depois de se sentir mal, Maiara foi internada e chegou a mandar mensagens para o marido.
"Ela mandou uma mensagem dizendo que eu não havia me despedido direito. Eu não sabia, mas essa foi à última vez que a vi", lembra. Pouco tempo depois, Maiara precisou ser transferida para a Santa Casa. A jovem passou por uma cesárea de emergência e a pequena Luiza, que nasceu prematura, foi encaminhada para a UTI neonatal. "Cada dia é um dia novo na minha vida. Agora, ela vai passar por exames para ver se tem alguma deficiência", afirma.
Além da recém-nascida, o casal tem outros dois filhos: Hugo, de sete anos, e Mirela, de um ano e três meses. Para a terceira filha, Maiara foi quem escolheu o nome. "O nome "Vitória" chegou a ser cogitado após a morte, mas mantive a decisão dela", diz. Ainda de acordo com o pai, a criança está tomando leite especial doado. Cerca de 50 pessoas se uniram para ajudar a família com necessidades.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

33746

views

89871

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp