16/12/2021 às 12h12min - Atualizada em 16/12/2021 às 12h12min

Dois suspeitos são presos em operação contra quadrilha que assaltou Shopping Iguatemi e Outlet Catarina

Ação faz parte da Operação Alerta, que conta com 74 policiais de Sorocaba e São Paulo, para prender grupo que roubou centros de compra na região de Sorocaba (SP). Outras duas pessoas tinham sido presas no dia do assalto ao outlet, no final de novembro, em São Roque (SP).

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
g1
Divulgação

Dois suspeitos de participar dos assaltos no Shopping Iguatemi, em Sorocaba (SP), e do Catarina Outlet, em São Roque (SP) foram presos em uma operação na manhã desta quinta-feira (16).

A Polícia Civil cumpre mandados de prisão e busca e apreensão na zona sul da capital paulista. Até as 9h30, duas pessoas tinham sido presas. A polícia havia informado a prisão de três suspeitos, mas atualizou a informação.

A ação faz parte da Operação Alerta, que conta com 74 policiais de Sorocaba e São Paulo para cumprir 14 mandados de busca e apreensão e oito de prisão.

A Polícia Civil investiga os dois crimes em centros comerciais da região de Sorocaba, em menos de 20 dias, e identificou que poderia ser a mesma quadrilha.

Os criminosos invadiram o Shopping Iguatemi no dia 13 de novembro, por volta das 20h30, e assaltaram uma joalheria. Durante a ação, criminosos atiraram e fugiram levando joias e relógios de luxo. Ninguém ficou ferido. Vídeos gravados por uma câmera de segurança mostram a ação do grupo.

Nas imagens, é possível ver dois bandidos dentro da joalheria, enquanto um terceiro passa no corredor apontando uma arma. Em seguida, começa a correria. Assustadas, algumas pessoas entram na loja, que abaixa as portas. Ninguém havia sido preso até então.

O outro crime aconteceu menos de 20 dias depois. Um grupo armado roubou uma loja de grife no Catarina Outlet, em São Roque (SP), e fugiu levando várias peças de rouba. Dois suspeitos foram presos no dia do crime, em 29 de novembro. O outlet fica às margens da Rodovia Castello Branco.

De acordo com funcionários, o grupo causou pânico ao entrar na loja de roupas e render os trabalhadores. Algumas pessoas foram amarradas enquanto os criminosos pegavam as mercadorias



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

32527

views

86686

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp