16/12/2021 às 12h04min - Atualizada em 16/12/2021 às 12h04min

Em lágrimas, Agüero anuncia aposentadoria dos gramados devido a problemas cardíacos

"Tomei a decisão há 10 dias. Fiz todo o possível para ver se havia esperança, mas não havia muita", revela o agora ex-atacante argentino de 33 anos

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
GE
Divulgação

Um dia triste para o futebol mundial. Aos 33 anos, o atacante Sergio "Kun" Agüero anunciou sua aposentadoria precoce dos gramados devido a problemas cardíacos. Emocionado e chorando muito, o jogador argentino do Barcelona explicou sua decisão durante coletiva de imprensa no gramado do Camp Nou, na qual esteve acompanhado do presidente Joan Laporta. Todo elenco e comissão técnica do clube catalão também estiveram presentes, assim como o técnico Pep Guardiola e vários jogadores do Manchester City, além de familiares do agora ex-atleta.

- Essa coletiva é para comunicar que estou parando de jogar futebol profissional. São momentos muito difíceis, mas ainda estou muito feliz com a decisão que tomei. Em primeiro lugar está a minha saúde por causa do problema que tive há um mês - disse Agüero, desabando em lágrimas (assista ao vídeo mais abaixo).

- Eu estava nas mãos dos médicos e eles me disseram que o melhor era parar de jogar. Tomei a decisão há 10 dias. Fiz todo o possível para ver se havia esperança, mas não havia muita. Sempre sonhei que jogava futebol desde os 5 anos quando toquei numa bola e o meu sonho era jogar na Primeira Divisão (argentina) e nunca pensei em chegar à Europa. Graças ao Independiente, fui treinado lá, ao Atlético que apostou em mim quando tinha 18 anos, ao Manchester City, que sabem o que sinto por eles, deixei o melhor lá e me trataram muito bem e ao pessoal do Barça. E também a seleção argentina - completou o atacante, após ser consolado por Laporta.

Após as palavras embargadas de Agüero, um vídeo com lances de sua carreira, na qual conquistou 21 títulos e marcou mais de 400 gols, foi exibido. Todos na cerimônia, que também contou com a presença de pessoas ligadas ao Atlético e Madrid e Independiente (ex-clubes de Kun) ficaram emocionados.

- Você sempre quer continuar ganhando mais coisas, mas me sinto muito feliz pelos títulos que ganhei. Mas acho que fiz tudo de melhor por mim e pelos clubes que joguei. Tenho orgulho da minha carreira - afirmou Agüero, ainda emocionado.

Perguntado sobre quais os gols mais bonitos da carreira, Agüero citou um por cada time que jogou e esboçou um breve sorriso em meio a toda tristeza ao brincar sobre qual foi sua última bola na rede.

- Um gol muito bonito foi pelo Independiente, foi um momento muito bonito da minha carreira, contra o Racing . Não tenho nada contra o Racing, mas aos 17 anos, foi o primeiro gol mais bonito que fiz. E depois com o Atlético na Liga Europa também foi um momento muito feliz. E no City, como todos sabem, aquele gol contra o QPR , que deu meu primeiro título da Premier League e o primeiro do City em anos. E no último momento da Copa América , joguei pouco, mas acompanhei os meninos e era o que estávamos procurando há anos. Fiquei muito feliz. E o última que fiz no Real Madrid. Nada mal, certo, para ser o último gol, né? - brincou.

Agüero disse ainda na coletiva que pretende ficar ligado ao futebol em um primeiro momento.

- Isso aconteceu comigo agora, porque as coisas acontecem para alguma coisa e é positivo porque estou aqui contando. Mas sim, é algo positivo que eles tenham detectado esse problema agora. Tentar ser feliz fora do futebol. Não é fácil ser jogador de futebol. Treinar, jogar, viajar todos os dias. Os jogadores devem ser muito respeitados. Vou continuar ligado ao futebol e serei capaz de aproveitar mais a vida.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

32527

views

86686

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp