16/12/2021 às 11h36min - Atualizada em 16/12/2021 às 11h36min

Drogas são apreendidas em armários de guardas municipais de Jundiaí durante fiscalização da corporação

Operação que foi deflagrada no dia 10 de dezembro pelo Gaeco de Campinas (SP), com apoio da Polícia Militar, prendeu mais de 10 guardas civis suspeitos de envolvimento em uma organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
g1
Divulgação

A Guarda Municipal de Jundiaí (SP) fez uma revista dentro da corporação nesta quarta-feira (15) e encontrou droga dentro de armários sem identificação, que eram usados por guardas que se aposentaram.

O canil da corporação foi usado durante a vistoria. Foram apreendidos três quilos de maconha, cocaína e crack. O material apreendido foi levado à Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Jundiaí.

Segundo a corporação, até o momento, ninguém foi preso. A ação foi feita pela corregedoria da Guarda depois de uma operação do Gaeco que prendeu guardas municipais de Jundiaí e Várzea Paulista.

A operação que foi deflagrada no dia 10 de dezembro pelo Gaeco de Campinas (SP), com apoio da Polícia Militar, prendeu mais de 10 guardas civis suspeitos de envolvimento em uma organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas, crimes contra o patrimônio e corrupção de agentes públicos. na região de Jundiaí (SP).

Na ação, foram apreendidas drogas, armas de fogo e dinheiro. Segundo o Ministério Público, a operação mapeou o sistema de distribuição de drogas na região de Várzea Paulista e Jundiaí.

Ao todo, 10 traficantes foram presos e houve apreensão de cerca de 40 kg de drogas (cocaína, crack, maconha e lança perfume), diversas armas de fogo, entre elas fuzil, milhares de munições de diversos calibres, aproximadamente R$ 75 mil em espécie, celulares e outros objetos relacionados ao tráfico.

Durante as investigações, foram constatados indícios do envolvimento de guardas municipais com traficantes para que, mediante o recebimento de propina, não agissem nos pontos de venda de drogas e fornecessem informações para frustrar ações policiais nesses locais.

Com isso, foram cumpridos 31 mandados de busca e apreensão nas sedes das Guardas Municipais de Jundiaí e Várzea Paulista, bem como na casa dos investigados.

Onze guardas municipais foram presos temporariamente, sendo 10 de Várzea Paulista e um de Jundiaí. Outros dois foram presos em flagrante por tráfico de drogas.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

32481

views

86533

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp