02/12/2021 às 11h32min - Atualizada em 02/12/2021 às 11h32min

Preso por roubo a outlet diz à polícia que quadrilha monitorou loja horas antes do assalto

Grupo causou pânico ao entrar em loja de roupas e render os trabalhadores. Dois suspeitos foram presos, sendo que um deles ficou ferido.

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
g1
Divulgação

Um dos dois suspeitos presos depois do roubo a uma loja de grife no Catarina Outlet, em São Roque, relatou detalhes à Polícia Civil de Sorocaba sobre a organização da ação criminosa.

O roubo ao outlet, localizado às margens da Rodovia Castello Branco, ocorreu na noite de segunda-feira (29). De acordo com a polícia e funcionários, o grupo causou pânico ao entrar na loja de roupas e render os trabalhadores. Algumas pessoas foram amarradas enquanto os criminosos pegavam as mercadorias.

Do grupo que participou do crime, dois homens foram presos, sendo um levado baleado à Santa Casa de São Roque e já recebeu alta. Os dois estão no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba.

De acordo com o interrogatório do rapaz de 35 anos, ele disse que no período da tarde foi com um carro roubado ao local e com outro rapaz para fazerem uma análise da área. Os outros envolvidos no crime teriam o convidado para o roubo.

Horas antes, o grupo foi com o carro para o assalto. Já o suspeito interrogado ficou no corredor do estabelecimento vigiando.

Em seguida, os comparsas entraram na loja e pegaram os pertences enquanto ele permaneceu de vigia. Após o roubo, todos estavam retornando para o carro e já no estacionamento se depararam com dois policiais.

Ocorreu uma troca de tiro. Contudo, o interrogado afirmou que estava com duas armas e disparou para cima.

Ao entrarem no carro perceberam uma viatura que passava pela rodovia no mesmo instante. Em seguida, o grupo entrou no posto de combustíveis em alta velocidade.

No posto, mais um homem aguardava os criminosos em mais um veículo. Com mais disparos, o motorista que estava no estabelecimento perdeu o controle da direção.

Ainda segundo o relato do suspeito, ele correu para uma lanchonete, onde acabou sendo preso. Afirmou à polícia desconhecer a identidade dos outros homens, mas que todos são moradores do bairro.

O suspeito que os aguardava no segundo veículo chegou a cair em um vão utilizado para troca de óleo. O caso foi registrado pela Deic de Sorocaba como roubo e receptação.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

32527

views

86686

Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp