19/11/2021 às 11h22min - Atualizada em 19/11/2021 às 11h22min

Quadrilha presa suspeita de alterar bombas de combustíveis lucrou mais de R$ 5 milhões, diz sindicato

Lucro obtido pelos suspeitos chega a R$ 500 mil em cada um dos postos por mês, totalizando mais de R$ 5 milhões. Quatro pessoas foram presas pela Polícia Civil de Sorocaba (SP).

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
g1
Divulgação

A quadrilha suspeita de gerenciar um esquema de adulteração de bombas de combustíveis na região de Sorocaba (SP) movimentou mais de R$ 5 milhões, segundo informações do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro).

Quatro pessoas foram presas durante uma operação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) nesta quinta-feira (18). Ao todo, 11 mandados foram cumpridos, sendo cinco de prisão e seis de busca e apreensão em postos de combustíveis.

Segundo as investigações, que duraram cerca de seis meses, os donos desses postos e os funcionários instalavam nas bombas equipamentos eletrônicos para fraudar a quantidade e não a qualidade do combustível.

De acordo com o Sincopetro, a fraude chega a 10% no litro de combustível. O lucro obtido pelos suspeitos chega a R$ 500 mil em cada um dos postos por mês, totalizando mais de R$ 5 milhões.

O líder da quadrilha foi preso em Itu (SP), em um condomínio de luxo, na tarde de quarta-feira (17). Os outros presos eram funcionários destes postos de combustíveis.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29902

views

80399

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp