01/11/2021 às 11h53min - Atualizada em 01/11/2021 às 11h53min

Desmoronamento de gruta deixa nove mortos no interior de SP

Duas pessoas seguem internadas e cinco tiveram alta. Acidente ocorreu durante treinamento de 28 bombeiros civis na zona rural do município de Altinópolis

- gazeta.redacao@yahoo.com.br
Veja
Divulgação

Nove bombeiros civis morreram após o desmoronamento de uma gruta na cidade de Altinópolis, no interior de São Paulo, na madrugada deste domingo, 31. As vítimas ainda não tiveram as identidades divulgadas. Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu durante a realização de um treinamento na caverna, conhecida como gruta Duas Bocas – 28 pessoas estavam no local no momento do desmoronamento. O resgate foi concluído por volta das 19h e duas pessoas socorridas seguem internadas. Outras cinco já tiveram alta.

A gruta que desmoronou fica em uma propriedade particular na cidade, na região de Ribeirão Preto (SP). Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, chove forte em Altinópolis desde a tarde de sábado, 30, e o local está colapsado, com risco de novos desmoronamentos.

Os trabalhos de resgate foram feitos por 20 viaturas e 75 bombeiros e foi preciso escorar a área para evitar novos desmoronamentos. Por meio de nota enviada mais cedo, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) informou que dois helicópteros Águia, da Polícia Militar, auxiliaram no transporte de bombeiros e socorristas até a gruta, devido ao difícil acesso. Cinco vítimas foram socorridas e encaminhadas a hospitais da região, mas já receberam alta.

Um grupo de especialistas em resgate, acompanhado por técnicos da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil e um geólogo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), decolou em um King Air da PM às 11h30 do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, rumo a Altinópolis para reforçar o trabalho. A Prefeitura da cidade informou que também foram enviadas equipes municipais para dar suporte ao resgate.

Em meio a viagem a Glasgow, na Escócia, onde participará da COP26, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), publicou em sua conta no Twitter que acompanhou o resgate. O prefeito da cidade, José Roberto Ferracin Marques, classificou a tragédia como a “maior da história” de Altinópolis e decretou luto de três dias no município.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

29754

views

80068

Qual melhor candidato?

0%
100.0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp